SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
O NEOCLÁSSICO
julho 31st, 2018 by Sardinha

O NEOCLASSICISMO

O século XIX foi marcado pela mistura entre subjetividade e objetividade; o estilo neoclássico pelo racionalismo, onde os aspectos intelectuais em geral predominaram sobre o emocionais. As criações neoclássicas apresentavam harmonia e beleza, baseando-se nos modelos clássicos do passado grego-romano. O belo ideal trouxe a perfeição e a objetividade das linhas acadêmicas, mas limitou a imaginação do artista, que passou a seguir modelos pré-determinados de composição, representação e cromatismo. Foram realizados estudos, na antiguidade clássica, para saber quais as proporções ideais para a construção de um prédio e estas foram repetidas com precisão neste período. Os pintores e escultores neoclassicistas copiavam os baixos relevos e as estátuas antigas para aperfeiçoar sua técnica. A principal virtude artística deste período era a cópia exata e não a criação de novos elementos. O melhor artistas era aquele que copiava com maior perfeição. O pintor que mais se destacou neste período foi David que se tornou um ditador artístico, influenciado desde o desenho do mobiliário até os trajes femininos.

O neoclassicismo teve grande influência na arquitetura dos Estados Unidos da América. No Brasil foi o motivo da implantação da Academia Imperial de Belas Artes, que oficializou o ensino das artes plásticas, abrindo espaço para a formação de importantes artistas acadêmicos em nosso país como é o caso de Vitor Meireles e de Pedro Alexandrino.

A teoria de existe uma beleza pura , absoluta , ideal , uma beleza que não se encontra na natureza mas no espírito humano , uma beleza fruto da técnica e do estudo , regida pela razão , encontra aceitação nas academias de arte , principalmente na França .

Suas características principais :

–  Retorno ao passado ,pela imitação dos modelos antigos grego – latinos;

–  academicismo nos temas e nas técnicas , isto é, sujeição aos modelos e às regras ensinadas nas escolas ou academias de belas – artes ;

–  convencionalismo rígido , nos temas e nas técnicas , derivado do estudo das obras da antigüidade grego – romana ;

–  arte entendida como imitação da natureza , num verdadeiro culto à teoria de Aristóteles .

Na pintura , observa-se formalismo na composição e, refletindo o racionalismo dominante , exatidão nos contornos . Distinguem-se os pintores franceses David ( 1748-1825) , introdutor da pintura neoclássica na França  e Ingres ( 1780-1867) , desenhista , autor de obras de contornos nítidos e formas puras .

Na arquitetura , a imitação dos modelos clássicos é clara , como se pode ver no arco do triunfo da praça L’Etoile , em Paris , projetado por Chalgrin , celebrando a vitória de Napoleão Bonaparte em Austerlitz e na porta de Brandemburgo , em Berlim , comemorando os feitos de Frederico ll , projetada pelo alemão Langhans.

Na escultura , merece menção o escultor italiano Canova , grande perito no trato com o mármore e autor de obras famosas como: Perseu e a estátua de Paulina Bonaparte Borguese .


Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance: WordPress   »  Style: Ahren Ahimsa