SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
O RENASCIMENTO
Fevereiro 13th, 2019 by Sardinha

A ARTE NA IDADE MODERNA

O Renascimento

      Por  Renascimento ou Renascença entende-se o período que marca a transição da Idade Média para a Idade Moderna                             

      Foi um movimento de renovação cultural e artística .                                                                                            A renovação das estruturas sociais , políticas econômicas transforma o panorama cultural e artístico        Redescobre-se a cultura clássica grego -romana , surgindo  uma nova cultura marcada por um  neopaganismo em oposição ao Cristianismo .

A austeridade medieval é substituída pela ostentação e pelo luxo ; o mundanismo sobrepõe-se à fé ; o homem se põe no centro do universo , inaugurando o Humanismo .

A arte renascentista assenta-se nas seguintes características :

–  inspiração em modelos grego – latinos , de onde se  extrai a unidade , o        equilíbrio e a harmonia ;

–  exaltação do homem, revelada na valorização da beleza física , na     representação dos nus e na busca da perfeição anatômica , como se pode                    observar nas obras de Miguel Ângelo ;

–  gosto pela  ostentação ;

–  volta a natureza como fonte de inspiração ;

Na pintura , observa-se , em primeiro lugar , sua autonomia . Novas  técnicas e conquista do espaço tridimensional , através da exploração da perspectiva científica  –  em que se notabilizaram Paolo Uccello e Leonardo da Vinci   –   e através do emprego  de técnicas de cor como o  “sfumato “ e o “claro – escuro”.

      No  campo da escultura ,  nota-se a perfeição anatômica , o dinamismo e o naturalismo ,  numa influência nítida dos padrões grego – latinos .

Na arquitetura , assistimos ao retorno dos padrões clássicos , como predomínio da horizontal sobre a vertical ; emprego dos elementos grego – latinos   –   as ordens arquitetônicas , o frontão triangular ,  as arcadas e abobádas à moda romana , elevando às cúpulas  –   de que é um belo exemplo a basílica de São Pedro , em Roma .

O  RENASCIMENTO NA  ITÁLIA       

       Berço da Renascença  , a Itália tem em Florença a capital da arte renascentista .

Do ponto de vista artístico  , o Renascimento italiano atravessa três períodos:

–  O Trecento , período  dos primitivos , anunciado nos fins do século Xlll, com                                    o escultor Nicolau de Pisa e acentuado no século XlV com Giotto .

–  O Quatrocento , idade de ouro do Renascimento , no século XV , quando as artes contam com a proteção dos mecenas , como Lourenço , o Magnífico, Júlio ll e Leão X , revelando-se , então, os maiores gênios artísticos .

O Cinquecento , no século XVl , em que, mantendo-se as tradições de perfeição e beleza , não se seguem os passos dos grandes mestres anteriores .

ESCULTURA

Sob o impulso de Frederico ll, grande protetor dos artistas , em princípios do século Xlll, são executadas as primeiras obras de gosto clássico .

Em Florença , na Toscana , Nicolau de Pisa enriquece o batistério com magníficos relevos . Depois executa o púlpito da catedral de Siena .

O primeiro grande escultor , porém ,é Lorenzo Ghiberti , que, nas portas de bronze do batistério , em Florença , esculpe maravilhosas cenas do Antigo Testamento .

Em meados do século XV , com a volta dos papas de Avinhão para Roma, esta adquire o seu prestígio . Protetores das artes , os papas deixam o palácio de Latrão e passam a residir no Vaticano. Ali , grandes escultores se revelam , o maior dos quais é Miguel Ângelo , que domina toda a escultura italiana do século XVl .

PINTURA

Giotto é o grande percursor do Renascimento italiano . 

Masaccio ( Tommaso di san Giovanni di Simoni Guide , 1401-1428), conhecedor perfeito forma e da cor .

Fra Angelico ( 1387-1455) compõe obras que são verdeira apoteose do gênio cristão , interpretadas com  ternura e alegria de uma alma delicada .

Botticelli , primeiro artista francamente pagão , apaixona-se pelo humanismo e nos dá uma idéia perfeita do “romantismo artístico “que se atingira .

Ao findar o século Xv , a arte italiana da pintura é senhora de técnica perfeita , domina todos os processos e alcança os mais vastos domínios do espírito e do sentimento . Estava pronto o campo para os três grandes gênios do século XVl .

Leonardo da Vinci   –   o gênio completo , que soube unir a percepção espiritual a uma mentalidade científica .

Suas obras principais : Virgem das rochas, Última ceia   –  obra que tem cópias espalhadas por todo o mundo , e que foi pintada nas paredes de um refeitório monástico em Milão  –  e a Gioconda ,  famoso  retrato encontrado hoje no museu do Louvre .

Miguel Ângelo Buonarrotti , natural de Florença , pintor e escultor . Na pintura , temos o teto da capela Sistina , no Vaticano e o célebre Juízo final , pintado na parede  do alta – mor da mesma capela .

Rafael Sanzio , a terceira grande figura do Renascimento italiano , famoso por suas “madonas”, tão doces que  se torna difícil apreciar a  força e o controle de sentimento que há por trás delas.

ARQUITETURA

Nicolau V, eleito papa , é o introdutor do movimento renascentista em Roma .

Humanista ,este papa inicia as grandes reformas arquitetônicas que imortalizariam a “ cidade eterna” : encarrega Alberti de erguer uma catedral sobre o túmulo de São Pedro , seguindo um projeto de bramante, mas a obra não se concretiza .

Só em 18 de Abril de 1506, Júlio ll , então papa, coloca solenemente a primeira  pedra da  maior basílica  do mundo .

São nomes da arquitetura renascentista italiana :

–  Alberti , um dos fundadores da arquitetura do Renascimento .

–  Bruneleschi , autor da catedral  de Florença

– Bramante , projetista , auto da planta da basílica de São Pedro, em Roma .

– Miguel Ângelo Buonarroti , projetista da cúpula da basílica de São Pedro .

O  RENASCIMENTO NA FRANÇA       

A escola renascentista na França tem seu ponto forte na arquitetura , sobressaindo os nomes de PierreLescot , que projeta a fachada principal do palácio do Louvre de Denis Sourdeau , que projetou o castelo de  Chambord.

O RENASCIMENTO NA  ESPANHA         

A escola renascentista espanhola inaugura o estilo plateresco , que se alastra por Toledo , Alcalá , Salamanca , Sevilha etc.

Grandes monumentos : palácio de Carlos V, alcáçar de Toledo , palácio do Escorial etc.

O RENASCIMENTO EM PORTUGAL  

Na  arquitetura ,  o Renascimento português produz o estilo manuelino , no qual dominam os  temas do capítulo de Tomar e do mosteiro dos Jerônimos , em Belém .


Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
SIDEBAR
»
S
I
D
E
B
A
R
«
»  Substance: WordPress   »  Style: Ahren Ahimsa